Sobre Nós

 

Bom dia  sou Alex de Andrade Rodrigues .

Sou zelador de santo da Nação Congo Angola Da raíz do Kazenze sou conhecido como Nganga kafulejí
fui iniciado dia 12 de Outubro de 1990 pelas mãos de Mam'etu riá Nkisí Marlene riá Kaioongo pessoa na qual devo respeito até o dia de minha morte fui iniciado para o nkisi nsumbu nkisi que devo muito respeito e carinho a ele e Njirá nkisi que tem muito a ver no meu dia a dia devo muito a uma pessoa minha vó pois ela que me colocou no caminho certo dos jinkisi e o que sei hoje agradeço a ela . que nkisi Nzumba guarde o espirito dela a onde ela deve esta pois ela merecia e merece um luga na sanzala kazenbe uá nzambi (aldeia encantada de deus ) kigua nkanda Congo Kazenze.

Entuito Do nosso projeto 
 

 

Teoria 

 

A cultura afro brasileira por uma série de opresões

 sofridas pelo negro em territorio na época da colinização,

acabou perdendo muito de suas tradições ,ajá vista,

que os misterios telúricos e teúrgicos que emvolvem 

a filosofia,se dissiparam com o decorrer dos anos ja que 

eram transmitidos de forma oral, isto é boca para ouvido ,

de pai para filhos permitindo assim que fossem extraviados 

muitos de seus valorores.

 

OBSERVAÇÃO

 

TELÚRICO= Termo de origem hebraica.telur significa

.terra. energia telúrica são as energias 

concentradas na terra principalmente no seu 

interior

 

TEÚRGICAS= São as energias emitidas pelos seres celestiais,

e imteriolmente as concentram nas 

camadas magneticas que envolvem todo 

plano físico,incluido-se o próprio globo 

terrestre formando um envoltorio energetico 

ao redor do mesmo 

 

Para que a tradição se perpetue, há primeiro que 

existir registro dos fatos historicos que envolvam

aquela etnia e um compreto entendimento teórico

da prática a ser realizada na cultura ,permitindo

a continuidade das raizes, que o cultu africano 

tras de uma forma milenar e,somente através

da formação de grupo de estudos isso se fará possivel

A magia contida na estrutura basica do cultu angola ,

é comprovada ser de origem dos antigos e 

perdidos continentes da Lemúria e da Atlantida,

trazidas para África atraves dos povos nesopotâmicos,

sobreviventes possivelmente escolhidos daquelas raças,

que ainda naquela milenar época ,zelavam 

e se utilizavam dos elementares, forças contidas 

na excencia da natureza, que dentro do culto 

Ngola recebe o titulo de jinkisi 

Para que a cultura possa ter seguimento 

dentro de suas raizes básicas ,é necessario discermir

os misterios dessas forças universais , que não

são propriedades exclusivas do cultu do candomblé ,

mas pode ser expricada por intermedio 

da filosofia afro, principal objetivo 

da ndanji kazenze

 

O passar do tempo permítiu que nossas raizes 

fossem deterioradas, ocasionado interpretações diversas 

no candomblé ou descriminado que seja como 

cultura quer seja  como religião transmitindo ideias falsas 

errôneas de nossa filosofia. Aimposição dos 

senhores ,de escravos para que os mesmos se convertessem 

a religião catolica fes com que muitas de nossas tradições,

Fossem arrebanhadas e sincretizadas como o catolicismo,

deturpando a riqueza da cultura afro no brasil 

esmagando muito das raizes da queles povos ,principalmente

os de cultura bantu .Este trabalho visa o resgate desses

valores perdidos no tempo e espaço ,reforçando

não só a excência do rito , da liturgia contidas no culto 

mas também divulga a mais forte raiz de uma raça , o seu maior

patrimônio.

 

Este trabalho falará não só da cultura da prática do candomblé  Congo Ngola 

mas também de sua parte mágica ,oculta nas tradição dos antigos e milenares ,

kimbanda (sacerdotes profundos conhecedores dos segredos do cultu), que nos

retornará ao tempo dos templários bantús e dos tempos pre-biblicos 

permitindo um passeio atraves desta cultura milenar.

Nosso trabalho é para divulga Mais a nossa Cultura sem medo de ser quem somos e de correr atraz de nossas 

Origens sem constrangir nem uma Ndanjí (raiz) de candomblé de Angola 

 

SAKIDILÁ NBUTÚ NGOLÁ